DICAS E CURIOSIDADES

Como fazer compras pela internet com segurança? Confira aqui

Na hora de comprar ou presentear alguém, as pessoas recorrem ao shopping ou às lojas da cidade. No entanto, nada melhor do que adquirir algum produto sem sair do conforto do seu lar, correto? 

Por isso, a era virtual vem facilitando a vida dos consumidores ao permitir que uma mercadoria seja requisitada por meio de um clique. Contudo, apesar de ser algo realmente simples de ser realizado, é importante manter determinados cuidados na hora de realizar compras pela internet.

Sendo assim, hoje vamos mostrar cinco dicas de segurança para você comprar com mais tranquilidade, evitando prejuízos e dores de cabeça.

1. Avalie a reputação do site

A primeira coisa que se deve fazer ao se decidir por um site de compras é avaliar a reputação do mesmo. Muitos consumidores têm reclamado de fraudes na internet, isso acontece porque existem muitas lojas virtuais falsas com o intuito de pegar o dinheiro das pessoas sem a intenção de entregar a encomenda.

Com isso, é fundamental fazer uma pesquisa mais detalhada sobre a loja para que você não caia nas armadilhas digitais. Atualmente, há sites que possuem esse objetivo: mostrar a satisfação, as reclamações e as sugestões dos clientes sobre um determinado site. Assim, basta entrar no endereço e colocar o nome da empresa em questão e, depois, avaliar a reputação do sistema escolhido.

Um dos sites que se destacou em algumas revistas importantes como a Exame e a Estilo Baby, foi o Found It. Essa loja virtual criou um sistema de consultoria com o intuito de ajudar o cliente a encontrar o presente ideal, garantindo, assim, mais proteção e sucesso nas compras.

2. Guarde todos os dados de sua compra

No momento da aquisição são fornecidos alguns dados sobre o produto, forma de pagamento, sobre a entrega e outras informações relevantes para a proteção de sua compra. Por isso, guarde todos os dados até a chegada e verificação do produto.

Em alguns casos, o cliente pode adquirir uma mercadoria e a mesma chegar com defeito. Quando isso ocorre, é importante entrar em contato com a loja para realizar a troca – e todos esses dados assegurarão os direitos da pessoa. Vale ressaltar que todas as mensagens, incluindo as telefônicas, devem ser registradas e salvas para garantir mais segurança.

3. Fique atento ao contrato

Antes de clicar no botão “comprar”, avalie cuidadosamente o contrato elaborado pela empresa para que não haja surpresas indesejáveis. Ao ler e guardar esse contrato, você conquistará mais um documento que poderá servir como prova na hora de solicitar uma troca ou ressarcimento.

Também é importante ficar atento sobre as normas de empresas internacionais, pois elas estão sujeitas às regras de seu país de origem, ou seja, o cliente que tiver problemas com esses sites terá que resolver com o fornecedor.

Apesar desses contratos serem cansativos e muitas vezes extensos, eles são importantes para a transação, pois resguardam tanto os direitos quanto os deveres do consumidor e da companhia. Contudo, mesmo quando os papéis já foram assinados, o cliente pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a partir do ato do recebimento do produto. Esse benefício tem o nome de Direito de Arrependimento, e o fornecedor deve informar, de maneira clara, os meios para fazer valê-lo.

4. Proteja seus dados

No ato da compra, é comum o fornecedor exigir alguns dados do cliente como endereço, CPF e forma de pagamento, porém, alguns sites oferecem a opção de salvar tais documentos para a realização de novas aquisições futuras. Não forneça nenhuma informação além das exigidas e nunca salve seus dados, caso o site não apresente a certificação de proteção.

Alguns endereços eletrônicos possuem um sistema de proteção, resguardando todas as informações fornecidas pelos clientes. Nesta situação, o usuário possui a garantia de que seus dados serão mantidos em segurança.

Contudo, quando isso não ocorre e a loja virtual não apresenta as ferramentas de proteção, hackers podem acessar facilmente qualquer informação dada de forma online, especialmente se o site não tiver nenhuma medida contra esses invasores. Isso pode acontecer com muita frequência.

Em fevereiro de 2015, a revista Exame relatou em reportagem, por meio de números coletados por uma pesquisa que, só no ano de 2014, cerca de 1 bilhão de registros foram roubados na internet, ocorrendo, assim, um aumento de 49%.

Uma das companhias violadas, a Anthem, guardava os números do seguro social de 80 milhões de usuários em um sistema que não era criptografado, o que facilitou muito o roubo. Entretanto, havia algumas empresas que se asseguravam por meio de um processo criptografado e, ainda assim, tiveram dados roubados, como foi o caso da organização Gemalto.

Se empresas são atingidas, pessoas físicas com informações guardadas na internet se tornam alvos ainda mais fáceis desses criminosos. Assim, evite deixar qualquer tipo de documento salvo virtualmente.

5. Opte por pagamentos via cartão de crédito ou de um facilitador de transações eletrônicas

Após escolher o produto a ser comprado, você é direcionado para a forma de pagamento. Entre as opções, é possível verificar os métodos: cartão de crédito, pagamento por meio de boleto, à vista ou com sistemas de transação virtual.

Para facilitar a vida do consumidor, é recomendado a utilização de cartão de crédito ou de sistemas como o PagSeguro, pois o primeiro permite suspender os pagamentos em causa de fraude, enquanto o segundo retém o pagamento até que o produto seja entregue, fazendo com que o cliente possa pedir seu dinheiro de volta em caso do não cumprimento das normas exigidas por parte da loja.

Além de proteger e contribuir para uma negociação mais apropriada, esses meios de pagamento também ajudam a passar pela crise econômica que enfrentamos. Entre tantas turbulências financeiras, é importante aprender esses e outros truques que possam ajudar a driblar essa situação. Assim, há algumas organizações que visam esse benefício. Por meio deste endereço, é possível entender as lutas para enfrentar a crise dentro do meio virtual.

Levando em consideração essas e outras dicas, você poderá fazer suas compras pela internet sem nenhuma dificuldade e com mais proteção. Cada sugestão pode avaliar as dúvidas na hora de optar por uma loja ou por uma mercadoria.

Se você gostou dessas dicas, então compartilhe com seus amigos por meio de suas redes sociais e ajude todos aqueles que gostam de comprar no mundo virtual a fazê-lo com mais segurança e tranquilidade.

0 comentário em “Como fazer compras pela internet com segurança? Confira aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: