DICAS E CURIOSIDADES

Queijo e cerveja: 7 dicas para fazer uma harmonização perfeita

Quando pensamos em harmonização com queijo, o vinho logo vem à cabeça, não é mesmo? Poucos sabem, mas podemos fazer isso com muitas outras bebidas, entre elas, a cerveja. A harmonização do queijo e cerveja fica incrível, além de ser uma opção diferente e atraente.

No post de hoje, vamos dar dicas para fazer uma harmonização perfeita para os seus convidados! Ficou curioso? Venha conferir!

1. Comece com queijos mais suaves

Para começar, opte por queijos mais suaves, para sentir claramente toda a harmonização. Esse tipo de queijo, normalmente adocicado ou frutado, combina muito bem com as cervejas mais leves!

Experimente fazer com queijos do tipo gouda, brie ou emmenthal, e as cervejas Madalena American Wheat ou Eisenbahn Weizenbier.

2. Experimente a combinação de queijo e cerveja fortes

Queijos mais fortes, salgados e de sabor acentuado têm tudo a ver com cervejas mais encorpadas, que são mais amargas e possuem um teor alcoólico um pouco elevado.

Busque fazer a harmonização do queijo parmesão com a cerveja do tipo Eisenbahan Pale Ale, por exemplo.

3. Tenha cuidado com os queijos com fungos

Os queijos com fungos normalmente são fortes e possuem uma textura mais cremosa, formando uma ótima combinação com cervejas de alto teor alcoólico, frutadas ou adocicadas. Esses sabores se contrastam e ficam incríveis!

Tente fazer a harmonização do queijo gorgonzola ou roquefort com as cervejas do tipo Eisenbahn Golden Ale ou Brasiliana Arretada IPA com Pimenta.

4. Lembre-se de servir água

Além de limpar o paladar, a água serve para equilibrar os efeitos do álcool. Por isso, não se esqueça de deixar água na mesa de degustação, combinado? Assim, você e os seus convidados poderão degustar com mais precisão os sabores de cada tipo de queijo e cerveja.

5. Deixe os itens na temperatura ideal

Para fazer uma harmonização ainda melhor, é fundamental que todos os itens que forem servidos estejam na temperatura adequada.

É importante tirar os queijos da geladeira pelo menos uma hora antes e deixar para cortá-los apenas na hora de servir. Já as cervejas, o ideal é que não estejam muito geladas, para não comprometer o sabor.

6. Sirva as cervejas com moderação

Sabemos que o momento é descontraído, mas se você realmente quer ter uma experiência agradável, é importante colocar limites para as cervejas. Busque servir, no máximo, cinco rótulos da bebida e, para cada um, o ideal é um copo por convidado. Não vamos exagerar nesse momento, combinado?

7. Experimente a harmonização com, pelo menos, três queijos

Para uma noite ainda mais interessante, é legal servir pelo menos três tipos de queijo. Assim, os convidados podem perceber todos os contrastes das diferentes harmonizações. O ideal é que se tenha um queijo de cada tipo: suave, salgado e com fungos.

Agora que você já sabe tudo que precisa para fazer uma harmonização de queijo e cerveja inesquecível aos seus convidados, é só colocar em prática! Além de impressionados, eles ficarão com um gostinho de quero mais, temos certeza!

E aí, gostou das nossas dicas? Deixe a sua opinião e suas dúvidas nos comentários. Até a próxima!

0 comentário em “Queijo e cerveja: 7 dicas para fazer uma harmonização perfeita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: