DICAS E CURIOSIDADES

Como escolher a taça ideal para cada tipo de vinho?

Escolher a taça ideal para cada tipo de vinho é uma tarefa muito importante e nem sempre fácil, não é mesmo? Para acertar na escolha é necessário que você preste bastante atenção em alguns detalhes essenciais.

Cada tipo de vinho pede um tipo de taça. Elas são pensadas especialmente para conduzir o vinho à boca e ao nariz de maneira que valorize os aromas e sabores da bebida. Isso tudo influencia muito no resultado final da experiência.

Sendo assim, servir o vinho na taça correta permitirá que você usufrua de todas as qualidades dessa bebida incrível!

Aconselhamos que você tenha cinco modelos básicos: dois para o vinho tinto, o Bordeaux e Borgonha, um para brancos, um para rosés e outro para espumantes.

Quer descobrir quais são as taças certas para cada tipo vinho? Então confira esse post fizemos com tudo o que você precisa sobre o assunto!

Para vinhos tintos

O vinho tinto precisa de espaço dentro da taça para respirar, o que permitirá que se tenha uma maior percepção dos seus aromas e sabores, que nesse caso são muito intensos.

Por esse motivo as taças indicadas para o vinho tinto são grandes, altas e bojudas, permitindo que a bebida libere toda as suas qualidades.

É importante lembrar que ao servir não se deve colocar muito, a taça deve apenas ser preenchida até um terço de sua capacidade. Isso porque o vinho precisa de espaço para aerar, ele precisa de mínimo oxigênio para desenvolver suas potencialidades.

Existe dois tipos comuns de taças de vinho tinto: Bordeaux e Borgonha, batizadas com esses nomes por causa das famosas regiões produtoras da França.

Bordeaux

As taças Bordeaux foram feitas para abrigar vinhos mais encorpados e com taninos mais acentuados, feitos principalmente a partir da uva Cabernet Sauvignon.

Com bojo largo, alongado e boca mais fechada, elas concentram mais os aromas pois evitam a dispersão. A aba fina direciona o vinho para a ponta da língua, permitindo que os sabores frutados dominem antes que os taninos sejam direcionados para a parte de trás da boca.

Ela é indicada para apreciar vinhos das uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Syrah, Tannat, entre outras.

Borgonha

As taças da Borgonha são para os vinhos mais complexos, concentrados e com menos taninos, produzidos principalmente com a uva Pinot Noir.

Em formato balão, com bojo e boca largos, maiores do que as Bordeaux, ela faz com que haja mais contato do líquido com o ar, o que permite que o buquê se libere mais rapidamente, estimulando a apreciação das qualidades mais arredondadas e maduras da bebida.

O formato desse tipo de taça proporciona que o vinho favoreça muito os seus aromas imperdíveis, direcionando o fluxo acima da ponta e do centro da língua diminuindo a acidez e acentuando as qualidades.

Indicada para vinhos Pinot Noir, Barbera Barricato, Amarone, Nebbiolo, entre outras.

Para vinhos brancos

As taças para vinho branco têm corpo menor do que as para vinho tinto. Isso acontece por dois motivos. Primeiramente, o vinho branco deve ser consumido em temperaturas mais baixas e, portanto, em um recipiente menor que permita menos trocas de calor com o ambiente.

Em segundo lugar, porque precisa que sejam realçadas as suas notas de frutas. A aba estreita distribui o vinho de forma uniforme em todas as partes da língua, enfatizando seu frescor, doçura e acidez de maneira mais equilibrada.

Para vinhos rosés

O vinho rosé é resultado de uma perfeita combinação entre os taninos dos tintos e os aromas dos brancos. Por esse motivo, a taça costuma ser menor que a dos brancos, mas com bojo maior, para valorizar suas características.

A taça perfeita deve principalmente acentuar a acidez do vinho, equilibrando assim sua doçura.

Para espumantes

Para um espumante, a melhor taça é a flûte, ou flauta, nome dado por causa de seu formato fino e alongado.

Ela mantém as borbulhas da bebida por um maior tempo e direciona a efervescência e os aromas diretamente para o nariz, enquanto controla o fluxo acima da língua, mantendo o equilíbrio entre a limpeza da acidez e a saborosa profundidade.

Como o volume dessa taça é pequeno, ela também não prejudica a temperatura da bebida, que deve ser sempre servida a de 6 a 8°C.

Viu como ficou mais fácil escolher a taça ideal para cada tipo de vinho?

Agora que você já entendeu melhor como o formato da taça influencia diretamente na experiência de degustação, já pode escolher sem medo!

Os modelos que não podem faltar na sua casa são os para os vinhos que você gosta de beber!

Se você ainda tiver alguma dúvida, sugestão ou gostaria de deixar sua opinião, deixe seu comentário!

 

 

0 comentário em “Como escolher a taça ideal para cada tipo de vinho?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: