DESTAQUES DICAS E CURIOSIDADES PRIMAVERA

Guia prático para montar um jardim: alternativas e dicas imperdíveis

Ter um jardim é um ótimo jeito de levar um pedacinho de natureza para dentro de casa. Muitas vezes não sabemos muito bem por onde começar: “Quais as melhores plantas?”, “Não tenho muito espaço!”, “E a rega?”. Fique tranquilo! Leia agora o Guia prático para montar um jardim: alternativas e dicas imperdíveis que preparamos para você!

Antes de começar a fazer o seu jardim, é importante que você se certifique que tem em casa alguns itens indispensáveis: mangueira, mudas e sementes, fertilizante e luvas de jardinagem. Check? É hora de pensar na terra! Uma boa dica inicial é: enriqueça terras arenosas com húmus e misture terras argilosas com areia de água doce.

Leia também: Afinal, por que ter flores e plantas em casa?

Plantio na terra x Plantio no vaso

Um jardim não precisa, necessariamente, ser plantado direto no solo. Além do plantio na terra, você pode optar por plantas em uma série de vasos e agrupá-los com a disposição que mais favoreça o espaço disponível na sua casa.

Se você for plantar direto no solo, lembre-se de abrir uma cova de tamanho duas vezes maior que a raiz da planta. É importante acrescentar composto orgânico e fertilizante antes de cobrir com terra e colocar bastante água, para facilitar no momento em que as raízes forem se firmar.

Para os plantios em vaso, é interessante forrar o fundo com uma camada de pedrinhas ou argila e acrescentar uma manta de poliéster própria para jardinagem sobre essa camada. Em seguida, coloque terra adubada e a muda. Tenha em mente que a planta precisa de espaço para se desenvolver e certifique-se que a superfície da planta está na mesma altura da boca do vaso e regue bastante.

Plantas fáceis de cuidar

Para te dar uma mãozinha e você começar a criar o seu jardim o quanto antes, listamos algumas plantas fáceis de cultivar:

compre aqui >

Cactos e suculentas – São conhecidos por aguentar longos períodos sem água. A única exigência desse tipo de planta é bastante luz natural. Tem grande variedade de tamanhos e formatos, o que ajuda a dar variedade ao jardim.

 

Violeta africana – O único pedido feito por essa simpática plantinha é o cuidado com a quantidade de água. Elas não gostam de ter as folhas molhadas e podem apodrecer com o excesso de umidade. Além disso, evite a exposição excessiva ao sol.

Espada-de-São-Jorge – essa é uma planta conhecida por afastar energias negativas. Além disso, não necessita de muita água.

compre aqui >

Orquídea phalaenópsis – As orquídeas têm flores de cores exuberantes e estão entre as plantas mais encantadoras. A primeira coisa para se ter em mente na hora de cultivá-la é: seus cachepôs precisam ter furos. Sem isso, elas morrem afogadas. O segredo é deixar a planta em locais com pouca luz solar direta e rega de duas a três vezes por semana.

Pouco espaço

Muitas pessoas dizem que tem vontade de ter um jardim, mas que não tem muito espaço em casa. Temos boas notícias: esse não é mais um problema! Varandas podem ser espaços bem aproveitados: espalhe uma série de vasinhos de plantas pelo chão ou apoiados em mesas e beirais ou opte por plantas que fiquem suspensas e se esparramem, como a jiboia e a peperômia, que são fáceis de cuidar.

Pequenos espaços no chão, como embaixo de escadas, por exemplo, também trazem possibilidades de cultivo. Além de renovar as energias do ambiente, são lindos e trazem um toque completamente especial à decoração.

Outra opção é apostar nos minijardins. São delicados e uma ótima alternativa para quem não dispõe de muito tempo para cuidar, como com as plantas convencionais. Você pode montá-los em terrários de vidros e até mesmo em aquários e dar um toque delicado aos ambientes da casa!

Você vai gostar de ler: 7 dicas para conservar os buquês de flores

Horta em casa

compre aqui > 

Além das flores e folhas, que tal apostar numa mini horta em casa? Existe uma série de legumes e hortaliças que se adaptam muito bem a ambientes pequenos e por isso podem ser plantadas em vasos, sem exigir um grande pedaço de terra.

Nada como consumir aquilo que você colheu na sua própria horta, não é mesmo? Pimentas, espinafre, salsa, alecrim e alface são algumas das opções mais fáceis de cultivar em casa! Leia atentamente as instruções de cada um e se certifique que há espaço suficiente para que a água seja drenada.

Agora que você já leu o guia prático para montar um jardim: alternativas e dicas imperdíveis, basta escolher as plantas da sua preferência, estar atento às dicas que demos e cultivar seu lindo jardim!

Você também vai gostar: Saiba como cuidar de flores em vasos!

0 comentário em “Guia prático para montar um jardim: alternativas e dicas imperdíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: