Por Emanuela Rodrigues

Tem coisa melhor do que casa organizada? Pequenos detalhes fazem toda a diferença, deixando o ambiente mais tranquilo e nos dando a sensação de maior produtividade. Mas se você tem dificuldade em deixar as coisas em ordem, temos boas notícias! Hoje trouxemos mais um conteúdo feito pela nossa equipe e dessa vez a Emanuela, do nosso time de CX, vai te dar uma forcinha com a organização da casa. Boa leitura!

Método Japonês de Organização

Organização do Escritório – Home Office 

Tenha um espaço iluminado e limpo Se possível, separado do convívio da casa. Comunique seu horário de trabalho aos que moram com você. Faça pequenas pausas, pelo menos uma pela manhã e uma a tarde. Mantenha seu espaço de trabalho organizado, isso ajuda na concentração. 

Organização em Casa 

Passamos por momentos difíceis e desafiadores. Sendo assim, devemos buscar todas as formas de manter nossa saúde física e mental. A organização é uma grande aliada nesse momento. Organizar o espaço físico da nossa casa, onde no momento passamos quase que a totalidade (se não a totalidade) do nosso tempo, é imprescindível para amenizar os efeitos colaterais desse momento. 

Organização na cozinha 

Mantenha sempre a bancada limpa e o mais livre possível. Potes e caixas para separação dos alimentos e utensílios são de grande ajuda. 

* Ao usar potes, não esqueça de recortar a validade do alimento da embalagem original. Etiquetas ajudam a identificar os mantimentos. Ganchos para deixar “ a mão” aquilo que mais se usa, também ajuda muito. 

Na geladeira Setorizar os alimentos. Quando comprar um item novo, colocar atrás dos já existentes por conta da validade. 

Itens mais perecíveis não devem ficar na porta. 

Freezer: Onde você deve guardar os alimentos que você compra congelados e os produtos que você congela para facilitar o seu dia a dia, como molhos e sopas. 

Prateleira superior: Fica logo abaixo do freezer e é onde você deve guardar as coisas que precisam de mais refrigeração como frios, derivados do leite e embutidos. 

Prateleiras intermediárias: Aqui você deve guardar os alimentos prontos ou que não vão ficar muito tempo sob refrigeração: Carnes temperadas, sobras das refeições, etc. Tudo em recipientes com tampa, para não espalhar o cheiro para outros alimentos. 

Gaveta inferior: Ideal para armazenar legumes e verduras, pois o excesso de frio pode queimá-los. 

Porta: Use a porta para guardar líquidos como refrigerantes e sucos. Também pode armazenar geleias, temperos e conservas. 

Obs.: Não use a porta para guardar ovos! Eles devem ser armazenados em uma vasilha, na prateleira. A variação de temperatura na porta pode fazê-los estragar mais rápido 

Organização de brinquedos 

Peça a ajuda da criança. Faça a organização de uma forma lúdica para que ela não ache uma tarefa chata. 

Invente uma música, mostre a ela a importância de organizar para conservar tudo aquilo que ela gosta. 

Caso a criança tenha muitos brinquedos faça um rodízio. Guarde alguns, e depois troque com aqueles que ela não tem brincado tanto. 

Assim a criança não enjoa de tudo aquilo que vê com frequência e sempre tem novidades para brincar. 

Organização de roupas 

Setorizar as peças. Guardar por cores Pendurar o máximo possível, facilita a visualização e conserva em amassar. Usar caixas para peças mais sensíveis 

Ideias de organização com o que temos em casa 

Gostou das dicas da Manu ou lembrou de alguém que adoraria conhecê-las? Então não deixe de compartilhar!

Você também vai gostar de ler: Organização Financeira – Time F!